2013/01/12

Hoje vou falar de coisas sérias. Não é que as coisas sobre as quais tenho escrito não sejam sérias. São seríssimas! Mas agora, dada a elevação intelectual dos nossos governantes, resolvi homenageá-los. Em primeiro lugar, gostaria de agradecer aos paizinhos e mãezinhas dos políticos, pelo facto de estes terem nascido porque, sem eles, Portugal continuaria a ser um país desconhecido. Os nossos políticos são tão inteligentes, mas mesmo tanto, que alguns até conseguiram licenciar-se sem terem que frequentar os cursos dos quais possuem os seus dignos diplomas. Isto é uma prova evidente da superioridade mental de quem nos governa. Para quê andar a gastar tanto dinheiro aos paizinhos para frequentar aulas, estudar, comprar livros, tirar fotocópias, pagar quartos perto da faculdade, etc, para depois ficar no desemprego? Nada disso!!! Inscrevam-se num partido político, daqueles que têm lugar no parlamento e estão ligados a bancos, empresas de advogados e empresas que forneçam serviços básicos, que já nem será necessário gastar essa "massa" toda para tirar um curso. E o futuro está garantido. Se eras pobre ou remediado, passas a rico em poucos meses, e podes sempre reformar-te com valores tão altos, que até a minha avó, se fosse viva, coraria de vergonha. Por outro lado, sempre que há uma crise, o Povo paga, e não há problemas. Eles põem o dinheiro num paraíso fiscal e vão "tirar um curso" para Paris, compram um apartamento por um valor obsceno, e divertem-se à grande e à ... francesa, porque até houve aqui um anãozito que preside ao Supremo Tribunal de Justiça, que teve o cuidado de recortar as escutas que poriam em risco a vida airada de sua excelência. O mais interessante, é que o anão continua a ser presidente do Supremo. Inteligência superior é isto. Caros leitores, por hoje é tudo. Desejo umas boas férias em Portugal, e uma emigraçãozita para a Islândia, que é um País descarado, onde pôem os corruptos na prisão, e lhes congelam as contas bancárias. Safados!!!

Sem comentários: