2007/02/02

Toladas ...

Todas as manhãs acordo a pensar se será nesse dia que não irão haver toladas na minha cachimónia, mas isso nunca acontece.Por um lado, seria esse o meu desejo, mas por outro lado já estou tão habituado, que o hábito passou a vício e já nem consigo passar sem levar meia dúzia de tóladas todos os dias.Logo que me levanto, bato com a tóla na cabeceira da cama. A seguir, levo uma tólada na banheira, outra no exaustor, quando preparo o pequeno almoço, e por aí fora ... durante o resto do dia é que elas doem mais ... aparece o aviso das finanças e pimba! ... vem o chefe e zás! ... vem a secretária e tongas!...Caros(as) .... ajudem-me a deixar o vício.Sempre à espera.

Sem comentários: